julho 09, 2004

Sobre feminismo e boiolice.
Depois que o feminismo esfriou e (algumas) mulheres conseguiram seu lugar de direito na sociedade ninguém mais deu bola para o assunto.

Só que agora alguns grupos estão forçando a barra mostrando a participação cada vez maior das mulheres no mercado de trabalho. Ok. É verdade? É. Só que o que eles não mostram e que são algumas mulheres e que isso é a coisa mais normal do mundo, já que (algumas) mulheres têm sido educadas para serem independentes dos pais/maridos e ir à lutapelo que elas querem.

Manipulação da mídia é normal. O fato é que essa manipulação visa transformar o maior número de homens em gays. E ninguém se manifesta!

Como assim? O que tem a ver uma coisa com a outra?
Simples.
Homens são competitivos por natureza, ao verem mulheres tomando o seu lugar, competindo e conseguindo pequenas vitórias e sendo glorificadas por isso gera duas reações distintas nos homens.

Primeira: por causa da concorrência os homens passam a detestar mulheres. Homem que detesta mulher é gay.
Segunda: os homens para vencer na vida começam a querer se parecer mais e mais com a mulheres. Homem que quer virar mulher é gay.

Absurdo?
Absolutamente.
As primeiras mulheres que quiseram competir de igual para igual com os homens eram lésbicas. Seja porque queriam ficar iguais aos homens, sejam por que odiavam os homens. Nesse caso o fenômeno foi natural. O que ocorre agora está sendo forçado.

Como eu confio em mim, estou pronto para competir, perder ou - de preferência - ganhar de qualquer um. Seja homem, mulher, gay, lésbica ou outros.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home