outubro 17, 2017

A Burguesia está acabando com a Barra

"A burguesia tá acabando com a Barra"
(Impressão minha ou o playboy mor do rocquenrou tá reclamando do pessoal que melhorou um pouco e tá indo morar no seu paraíso particular?)
"A burguesia é a direita, é a guerra"

"Vamos pôr a burguesia na cadeia
Numa fazenda de trabalhos forçados
Eu sou burguês, mas eu sou artista
Estou do lado do povo, do povo"
(Gulag só pros outros, né? Típico...)

"Porcos num chiqueiro
São mais dignos que um burguês"
(Considerando o burguês que ele foi...)

"Mas também existe o bom burguês
Que vive do seu trabalho honestamente
Mas este quer construir um país
E não abandoná-lo com uma pasta de dólares"
(Ele vê novela, quem diria. Que coisa burguesa...)

"O bom burguês é como o operário
É o médico que cobra menos pra quem não tem
E se interessa por seu povo
Em seres humanos vivendo como bichos
Tentando te enforcar na janela do carro
No sinal, no sinal"
(Não entendi, o povo é o cara que te enforca no sinal ou é o cara que vive como bicho? Isso que essa galera vê como "povo"?)

O pior é essa letra retratar como esse pessoal "antiburguês de iPhone" vê quem não é um deles naquela época e hoje. E tem gente que acha ele um pusta dum poeta (tem umas letras legais, mas "segredos de um liquidificador" envergonharia até o Vercilo).
Triste um país que meia dúzia de palavras de ordem em uma música valem mais que o que diz e como é a letra toda.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home