fevereiro 13, 2016

De volta ao equilíbrio

Me surpreendo hoje, e é uma surpresa até feliz, ver adolescentes se identificando e defendendo os ideais defendidos pela ala mais liberal da direita, a saber: Estado menor, punição mais severa para criminosos, melhoria na qualidade de vida pela melhora real da Educação pública e pelo aumento de oportunidades em contraponto ao sistema de cotas.
(Um parênteses: me assusto com gente muito nova idolatrando oportunistas radicais como Bolsonaro, por exemplo.)
Continuando.
Durante anos os jovens o eram alheios, alienados de verdade, ou eram de "Esquerda", muitas vezes iludidos pelo paraíso pintado por professores sem ética que davam suas opiniões como se fossem verdades científicas* e pintavam o Socialismo como solução desde a desigualdade social até espinhas na adolescência. Enfim. Com o aumento da informação e o descolamento do Conservadorismo do período de Governo Militar essa hegemonia tende a cair, o que é bom. É sempre bom ter equilíbrio e contraponto de opiniões, é a única maneira dos lados tentarem melhorar, o que todos ganham.
Ah... mas a teoria de Mercado já fala disso há tempos..
Enfim, seguimos.
É um processo lento, esses jovens ainda vão demorar a ter voz relevante e conhecimento suficiente para defender o que pensam. Mas a indignação com a corrupção como forma de Plano de Governo, a intolerância com a incompetência do Estado, a busca pelo melhor caminho já passou da fase de semente, já estão quase florescendo e isso é bom para a sociedade como um todo.
Acredito que em uma ou duas gerações, no máximo, termos como "neoliberalismo" e "privataria" sejam visto apenas como piadas. Fico só triste porque quando chegar nesse ponto, se chegar, eu vou estar velho e vou usufruir pouco. Mas pelo menos posso ver hoje uma chance de uma mudança, difícil, para melhor.

*Obs.: Sim, quando me perguntam não fujo e opino sobre qualquer assunto e explico o porquê daquela opinião. A diferença dos doutrinadores é que eu deixo claro que é uma opinião, não uma verdade, e aconselho a procurarem ouvir quem pensa o oposto, para que eles tenham a opinião deles vendo todos os lados quanto possíveis.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home