junho 07, 2013

Paternidade.

Acho que ser pai/mãe é colocar a criança como a prioridade da vida, mudar hábitos, pensar primeiro no filho a curto e a longo prazo. Não acho legal quem tem filho e deixa com os avós/tios/colegas para poder ir para balada e fazer coisas de adulto (um show de rock, por exemplo). É abdicar muita coisa até que a criança tenha idade para poder acompanhar em alguns lugares.
O mais importante, é passar por essas mudanças feliz.
Conheço algumas pessoas que são assim, com filhos já adultos ou adolescentes ou bebês ainda, acho legal, acho bonito. Conheço casos que o pai (principalmente) mesmo morando na mesma casa não participa da vida do filho, só sabe pagar conta e dar esporro. Acho escroto.
Tem horas que eu invejo algumas coisas, situações que eu vejo do relacionamento pai/filho.
Sou responsável demais para deixar um filho meu com outro para poder ir me divertir. Não acho certo. Acho que seria um pai exigente, tentaria ser presente mas, me conhecendo, acho que não seria um bom pai. Se acontecer, arcarei com toda a responsabilidade, tentarei e farei tudo o que eu falei acima, claro, mas não sei se ficaria feliz com isso.
Por isso, por hora (tenho 36) filhos não estão nos meu planos.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home