maio 16, 2011

Educação: Vista de Dentro.

Todo mundo sabe que a Educação no Brasil está uma porcaria, alunos terminam o ciclo Básico (Ensino Fundamental e Médio) sem saber o mínimo que se esperaria de um aluno depois de quase uma década de escola. A população que só lembra da educação quando o precioso filhinho fica reprovado e a culpa, é claro, é do professor.
Mas existem alguns aspectos que só quem é professor sabe que ocorre e nada é feito para ser mudado, poucos sabem que os resultados mesmos pífios são conseguidos graças aos milagres que o professor tem que fazer em sala de aula.
Um retrato, triste, da Educação e suas causas.
1. Educação de Estatísticas:
O que interessa para o Governo hoje é fazer números para o Brasil não ficar mais feio na fita internacionalmente que já está. Facilitaram tanto a aprovação - automática em alguns casos - para o aluno estar certo na idade/série, não abandonar, não reprovar o aprendizado mesmo foi deixado para escanteio.
2. Ausência de Valores e Família:
Por que um aluno vai estudar quando nosso ex-presidente se orgulha de nunca ter lido um Livro? Que o deputado mais votado quase não é empossado por suspeita de analfabetismo? Como podemos dizer ao aluno que colar é errado quando vemos tantos casos de corrupção sem punição?
3. Falta de reconhecimento profissional:
Professor hoje não é reconhecido como profissional, virou um salvador, um messias, alguém dotado de uma missão. A pior coisa que aconteceu com a profissão de professor foi começarem a chamar-nos e Educadores. Não sou educador, sou Professor. Ensino. Educação é responsabilidade dos pais, não minha enquanto profissional.
Nem vou falar do reconhecimento financeiro, por causa dos baixos salários temos que trabalhar em trocentos colégios, várias horas em sala e fora dela o que não nos deixa tempo para nos dedicar a uma turma ou aluno que precise de mais atenção.
5. O Coitadismo Oficial:
Hoje para tudo tem bolsa. A Esmola Oficial do Governo deixou o povo mal acostumado, agora ninguém quer se esforçar o mínimo para alcançar o objetivo. Acham que porque eles fazem o "supremo sacrifício" de estudar eles merecem pontos à toa, não precisam copiar e acham que o conhecimento vai entrar por osmose naquilo que eles chamam de cérebro.
É esse o retrato da Educação Pública hoje, que teria que preparar o aluno para o mundo real aqui fora.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home